Acabo de encontrar este site, Clients From Hell (literalmente, “clientes infernais”) que reúne as histórias mais engraçadas dos piores clientes. Aqui estão algumas, selecionadas e traduzidas.

“Olha, eu sei que você tá saindo de férias mas eu preciso fazer isso rápido. Eu sei que você vai ficar sem nada pra fazer, e esse negócio vai ser por e-mail, não por telefone, e por isso não deve ser muito estressante…”

“É, eu não te liguei porque tava viajando… Vou te pagar assim que eu conseguir a grana.”

“Eu quero um fundo chapado, tipo, que varia do escuro pro claro ou do claro pro escuro.”

“O seu preço por hora tá legal, mas dá pra fazer tudo em uma hora? E dá pra me ensinar pra eu mesmo fazer da próxima vez?”

“É, a gente pagou pra um cara fazer o site pra nós mas ele não tá funcionando e não conseguimos falar com o cara. Você pode dar um jeito? E cobrar mais ou menos o que ele cobrou?”

“A gente já pagou pra um cara desenhar o site, você só precisa jogar na internet. É uma coisa bem rapidinha então a gente tava pensando em te pagar R$ 20.”

“Claro que é pra hoje, se fosse pra amanhã eu teria pedido amanhã.”

“Nossa equipe de webdesigners não entende nada de HTML ou de Javascript, dá pra refazer sem usar essas coisas?”

“Eu queria uma lista de nomes de empresas que ninguém nunca ouviu falar.”

“Dá pra aumentar o logotipo uns dois dedos?”

“A gente queria criar uma nova identidade visual. Dá pra fazer em 2 dias?”

“Nossa empresa não tem capacidade pra um site, então será que daria pra fazer uma planilha no Excel pra gente mandar pros clientes?”

“Tô sem dinheiro pra te pagar, então passa aqui pra pegar umas roupas…”

“Dá pra imprimir em RGB? Porque assim a gente economiza uma cor…”

“Nosso concorrente colocou uma coisa no site dele que a gente não gostou, dá pra tirar?”

“A mulher da foto é perfeita, mas a gente precisava de uma que fosse deficiente. Dá pra amputar só um braço dela?”

“Eu sei que foi filmado em baixa definição, mas dá pra fazer uma versão em alta definição também?”

“A: Eu quero que meu site tenha um fórum, um blog, uma loja virtual, e fotos e vídeos e podcasts e um lugar onde as pessoas podem criar um perfil e falar com outras como no Twitter. B: E quanto você quer gastar? A: Ah, uns 300 reais.”

“Nosso site tem que funcionar no horário comercial, das 8 às 6 da tarde.”

“Meu amigo viu o que você fez e disse que faz o mesmo por R$ 50”

“Eu queria que você fizesse o site pedir o e-mail da pessoa para que ela possa visitá-lo, assim eu posso enviar propagandas depois”

“A: Te mando a fatura hoje. B: Ahn… você quer receber?”

“É exatamente o que eu queria, é só mudar umas coisinhas…”

“Dá pra fazer o site só aceitar e-mails de clientes grandes?”

“Se vai custar tão caro assim então eu prefiro eu mesmo fazer no Word”

“A gente te paga quando o site estiver dando lucro”

Compartilhe por aí