Com tantas visitas ao nosso site, sempre faço uma análise dos termos de busca que os usuários utilizaram para nos encontrar. E nesse mês as ‘Rapidinhas dos termos de busca’ trazem novos assuntos, principalmente o de empreendedores e lojistas preocupados em terem a maquininha mesmo com o nome sujo. Vamos lá?

O que é código de acesso RAV Redecard?

A antecipação permitida pelas maquininhas da Cielo (antiga Visanet), Rede (antiga Redecard), Getnet, Stone e outras é feita mediante uma senha especial – afinal, esse adiantamento tem custos e é preciso que o proprietário da empresa autorize. Você irá usar esse código somente se quiser fazer as antecipações manualmente. Mas você também pode programar para fazer as antecipações automaticamente, assim você não precisa pedir o tempo todo.

A antecipação também pode ser feita manual ou automaticamente pelo seu banco, geralmente com taxas bem menores. Essa opção é chamada de ‘antecipação de recebíveis’.

Nome limpo ao adquirir o serviço da iZettle
Precisa ter nome limpo para ter Getnet
Posso ter uma payleven se eu tiver o nome sujo

As empresas que oferecem maquininhas como a iZettle, a Payleven, o Pagseguro, a Cielo, a Rede, a Getnet e várias outras não exigem o nome limpo porque essas empresas não estão oferecendo crédito para você, lojista ou prestador de serviços. O crédito é proveniente dos cartões dos clientes (que já foram aprovados, se não eles não teriam o cartão em mãos), então não há porque eles analisarem você, muito menos negar o fornecimento de uma maquininha.

Imprimir CD ou DVD usando impressoras de papel

Existem duas formas de personalizar um CD ou DVD: você pode imprimir diretamente sobre o disco especial, chamado de ‘imprimível’ ou ‘printable’, ou você pode usar etiquetas.

No primeiro caso é obrigatório ter uma impressora capaz de imprimir diretamente nestes discos. A Epson T50 e a Epson L800 são dois modelos de impressoras que fazem isso. Existem também adaptações para outras impressoras, mas essas adaptações envolvem grandes alterações, custam caro e não fornecem um resultado tão bom. O ideal é usar uma impressora já pronta para isso.

Já no segundo caso você pode adquirir etiquetas pré-cortadas no formato do disco, como as etiquetas da Pimaco ou da Paulimaq. É possível encontrar etiquetas de papel (tipo sulfite) e etiquetas brilhantes (fotográficas) e com isso você pode imprimir este material em qualquer impressora, laser ou jato de tinta. Não há problema em colar uma etiqueta sobre o disco, ele permanece funcionando normalmente e isso não atrapalha em nada a leitura ou a gravação, ao contrário do que as pessoas costumam pensar.

Meu cartão de crédito em 5 mil reais eu posso passar minha própria empresa

O contrato das empresas de maquininhas diz que não pode. Mas não há fiscalização, e de qualquer forma eles não possuem nenhum incentivo para impedir isso – afinal você vai pagar a taxa da venda do mesmo jeito, e certamente vai pagar a fatura do cartão. Então, vá em frente.

Mas lembre-se de que se você estiver fazendo isso para tentar resolver dívidas da sua empresa, isso pode não ser uma boa ideia. Fazer empréstimos para resolver problemas de fluxo de caixa geralmente não é uma boa ideia, assim como cavar um buraco maior não é a solução para sair de um buraco.

Fiz uma compra no valor de 1.000,00 e queria parcelar em 12x porem o vendedor disse que só poderia fazer em 3x. isso é legal?

Sim, é legal. As empresas podem decidir livremente quais condições querem oferecer aos seus clientes – afinal, cada opção possui um custo diferente. Se a loja passar em 12x, o custo para ela certamente será maior do que o custo em 3x.

Por outro lado a loja poderia ser um tanto mais flexível, oferecendo o parcelamento em 12x mas com um acréscimo. Apesar de muitas lojas oferecem parcelamentos “sem acréscimo”, elas não são obrigadas a tal.

Como adquirir máquina de cartão de crédito, que não tenha acréscimo na hora da compra

Nenhuma máquina de cartão de crédito faz acréscimos na hora da compra. Se você passar R$ 1.000 em 10x, o cliente pagará 10 vezes de R$ 100.

Por outro lado o custo desse parcelamento pode ou não ser repassado pra você, e isso significa que quanto mais parcelas, mais você pagará. Se o custo for repassado pra você, então isso significa que você receberá todas as parcelas de uma só vez, ao invés de ter que esperar o prazo. Você deve se atentar a esses detalhes e custos antes de passar qualquer venda para evitar imprevistos.

Como fazer se o cartao nao paga o lojista?

As empresas que operam maquininhas de cartão não têm porque não pagar o lojista. Por outro lado entender o extrato e o fluxo de caixa deles pode ser um desafio.

Isso ocorre porque as empresas de maquininhas descontam os custos dos serviços das vendas a receber. Então se o aluguel da sua maquininha é R$ 150 e você passou 4 vendas de R$ 50 no mês, você só receberá R$ 50 (R$ 200 – R$ 150 = R$ 50). Isso pode fazer com que o lojista espere receber um valor mas acabe recebendo outro.

É importante que você procure entender o extrato, por mais complicado que ele pareça, para ter uma visão mais correta do que você irá receber.

E se você não quiser ter custos mensais com a maquininha, você pode optar por adquirir uma que não cobre mensalidade, como a do Pagseguro.

O estabelecimento que possui maquina de cartao é obrigado a aceitar credito?

Sim, pelo contrato dos estabelecimentos com as adquirentes eles são obrigados a aceitar todas as modalidades, débito e crédito. Porém os estabelecimentos querem ter autonomia nisso visto que as vendas a crédito são mais caras e demoram mais para serem recebidas, e ainda correm o risco de serem contestadas por um cliente fraudulento.

Se você estiver em um estabelecimento que não aceita crédito, reclame com o gerente, e se quiser, com a Cielo ou Rede (ou quem quer que seja a fornecedora de maquininha do estabelecimento). Mas o melhor mesmo é não comprar novamente naquele lugar.

Se parcelar no cartao pode pedir entrada em dinheiro

Sim, pode. Não vejo porque fazer isso, mas fique a vontade.

Quem tem maquininha de cartão como pessoa física consegue vender sem dar nota fiscal?

Olha amigo, você poderia sim fazer vendas e não emitir nota fiscal. Muitos brasileiros ainda não estão acostumados a pedir a nota. Mas como prestador de serviços é sua obrigação se legalizar e começar a emitir notas, com o cliente pedindo ou não. Se alguém pedir você não pode se recusar a emitir, e se você não emite você pode perder aquela venda. Existem clientes que não compram nada sem nota fiscal, principalmente empresas.

Se você é um pequeno prestador ou lojista você pode regularizar a sua situação abrindo uma MEI – Microempreendedor individual. O custo de uma MEI é muito menor do que o de uma empresa comum. Há um limite de faturamento de 60 mil por ano, mas não há obrigação em emitir notas fiscais. Entre em contato com o SEBRAE, o PROCON ou algum escritório de contabilidade da sua cidade para saber mais.

Pagar conta no debito loja pode cobrar juro

Imagino que você esteja se referindo ao pagamento de uma venda a crediário ou uma conta mensal. Eu não lembro de ter visto nenhuma legislação específica sobre isso, mas por outro lado a empresa já está lhe dando crédito (abrindo uma conta) com custos para ela já que ela estará lhe vendendo a prazo e precisará esperar o seu dinheiro. E você quer liquidar este saldo usando um cartão, gerando ainda mais custos para a empresa. Então, me parece justo eles quererem cobrar a mais por isso.

Como faço para ter a maquininha de cartao do governo

Não existe maquininha de cartão do governo. Se você está se referindo ao cartão BNDES, ele pode ser passado em maquininhas comuns da Cielo ou Rede se a empresa estiver autorizada a receber estes cartões e se os produtos vendidos seguirem as regras do BNDES.

Compartilhe por aí